Fisioterapia Estetica

Tuesday, November 30, 2004

Fisioterapia Estetica

Vem aĆ­, uma nova roupagem para estetica!!!!
Aguarde!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fisioterapia Estética - As vantagens da fisioterapia para a beleza corporal


Os recursos utilizados na área estética, em sua maioria, tiveram origem na Fisioterapia, tais como o ultra-som, a drenagem linfática e as correntes elétricas. Por isso, o fisioterapeuta domina tais recursos tanto no aspecto teórico, quanto no aspecto prático. Surge então a fisioterapia aplicada à estética, com o objetivo de tratar eficazmente os distúrbios estéticos. Esta eficácia traduz-se por conhecimentos relevantes de anatomia, fisiologia, patologia, etc., o que facilita a escolha pelo tratamento mais adequado em cada caso.

Ultra-som


Dentre as técnicas mais utilizadas no combate à celulite está o ultra-som, que consiste em um aparelho que emite vibrações mecânicas geradas por ondas sonoras. Utilizado com a freqüência de 3 MHz, o ultra-som é apropriado para patologias superficiais, sobretudo nos tratamentos estéticos, pois através de seus efeitos térmicos, mecânicos e biológicos promove a lipólise, que é a quebra de gordura e fibrose, facilitando a penetração de substâncias na pele e auxiliando na drenagem linfática.

Drenagem Linfática


A drenagem linfática é uma técnica fisioterapêutica de massagem especializada, realizada através de pressões com os dedos, com as mãos ou com aparelhos, de forma suave, lenta e relaxante. Em moda atualmente, o método é a ativação da drenagem de líquido intersticial através de fendas ou aberturas microscópicas nos tecidos (canais pré-linfáticos) e de linfa através dos vasos linfáticos.
No período pré-cirúrgico, a drenagem ajuda a ativar a circulação linfática da zona que vai ser operada, especialmente quando o paciente apresenta uma circulação lenta. Na recuperação pós-cirúrgica, a técnica é empregada de forma suave para drenar edemas, favorecer e agilizar a regeneração e reparação da pele e de outros tecidos afetados. É importante lembrar que a drenagem linfática deve ser praticada por profissionais especializados. Se o local onde o tratamento é aplicado ficar inchado ou dolorido, é sinal de que a drenagem não está sendo aplicada de maneira correta.

Estimulação Muscular Isométrica

Outro método fisioterapêutico bastante usado nos tratamentos estéticos é a ginástica passiva ou estimulação muscular isométrica. Este recurso é um tipo de corrente farádica, isto é, uma corrente interrompida de curta duração, cujo principal efeito fisiológico é a estimulação dos nervos motores, com a conseqüente produção de contração musculares. A corrente atua com placas colocadas estrategicamente na musculatura a ser trabalhada. A estimulação elétrica provocará contrações e distensão dos grupos musculares, aumentando assim a rigidez muscular. Ao provocar sucessivas contrações e relaxamentos musculares, este método favorece o retorno venoso e linfático, ajudando na circulação.
Essa interação entre as duas áreas permite que os recursos fisioterápicos, que antes eram utilizados indiscriminadamente, sejam empregados de maneira responsável pelos profissionais da fisioterapia especializada em estética. Se a má utilização desses recursos resultasse unicamente na ineficiência do tratamento, o problema não seria tão grave. Mas o risco de acidente terapêutico existe e é numeroso.